últimas postagens

Como montar uma pequena lanchonete - Dicas para ser uma empresária em um ramo de negócios que não pára nunca!




Como montar uma pequena lanchonete

Um dos ramos de negócios mais procurados, o da alimentação, cresce a cada dia e é uma alternativa bastante interessante para quem está iniciando como empresário. Como hoje em dia muita gente trabalha fora e precisa de um lanche rápido, o dinheiro em caixa diariamente é garantido. Um outro fator que garante o  sucesso  é o próprio ramo de negócio - todos precisamos de alimentos, todos os dias. Além destas boas razões para começar, veja outras dicas importantes para investir em um negócio próprio.

Definindo seu negócio e escolhendo o ponto


Analisar o mercado é essencial, já que um negócio não sobrevive sem clientes. Procure entender o que as pessoas de sua localidade estão consumindo como necessidade e ainda o que falta a elas. Neste momento, você pode, mesmo sem querer, encontrar um diferencial para seu negócio e ser um pioneiro na área. Pastel, brigadeiro, cupcakes, tapioca... Pode ser que um destes itens seja um sucesso entre seus clientes. Vale a pena fazer primeiro uma pesquisa de mercado para descobrir como agradar mais do que seus concorrentes.

Se você já tem um catálogo de produtos a oferecer, investir no ponto comercial é o segundo ponto mais importante. Já sabemos que o ramo é competitivo, mas também que há espaço para mais uma lanchonete com atendimento sério e de alta qualidade. Vamos, então, a escolha do ponto comercial. Estar próximo a locais movimentados como empresas, escolas e outros de grande fluxo de pessoas é bastante importante. A escolha do ponto também define o público que será atendido, além do tipo de produto oferecido. Afinal, não dá para vender pastéis aos frequentadores de uma academia de ginástica.

Visualize seu empreendimento
Se você é como eu, do tipo que pôe a mão na massa, já sabe exatamente qual a cor das paredes de sua lanchonete, como são as mesas e cadeiras, já pensou até em uma camiseta bacana para seus funcionários. Então não tem medo algum de pincel e lata de tinta e pode perfeitamente dar duas ou três demãos de tinta nas paredes :)


A estrutura do local para montar a lanchonete depende do tipo de negócio que quer começar. As franquias normalmente exigem padrões de cores e não há muito de sua personalidade no local. Pontos pequenos com lanches rápidos são ótimos para começar e você pode personalizar a estrutura do local como quiser. Antes de alugar qualquer ponto, é importante ficar atento a instalação, verificando fiações e encamento, para não ter surpresas desagradáveis com contas altíssimas de água e luz. Analise também o espaço que dispõe para balcões e freezers, cadeiras e maquinário em geral. Tudo precisa estar de forma a facilitar o atendimento e a comodidade do cliente. Você vai precisar também contar com banheiros e um bom local para armazenar o estoque.

Equipamentos necessários

A seguir você tem uma lista dos equipamentos mais comuns para a montagem de uma lanchonete. Você pode não precisar de todos e pode ainda haver alguns não listados, mas esta lista é um começo.
Freezers;
Geladeira;
Balcão;
Chapas;
Exaustor;
Espremedor de frutas;
Liquidificador;
Estufa;
Fritadeiras;
Forno;
Talheres, pratos, copos, e utensílios de cozinha;
Mesas e cadeiras;
Caixa;

Equipe de trabalho

Você pode até trabalhar sozinho(a) para começar. Sabemos que seu desejo é que seu negócio cresça e que possa gerar empregos e renda para você e sua equipe. Mas, se há a possibilidade de contratação imediata, o ideal é que você tenha estes funcionários:
Gerente;
Caixa;
Chapeiro;
Um ou mais funcionários para pratos rápidos e lanches;
Como empreendedor, você deve estar atento ao atendimento, higiene e qualidade dos pratos, pois são aspectos de extrema importância para o sucesso de uma lanchonete. 

Estoque para iniciar na atividade

Quando tiver seu catálogo de produtos definido, você saberá quais produtos poderá manter em estoque. Preste atenção aos produtos perecíveis, que devem ser comprados em quantidade reduzida, ou de acordo com a demanda. Produtos não perecíveis ou congelados, poderão ser comprados em maior quantidade se assim preferir. O que e quanto comprar para estoque vai variar de acordo com a rotina da lanchonete. Vale a pena lembrar que para o sucesso de qualquer negócio o bom senso e a boa administração do empreendedor são fatores decisivos.

Não se esqueça de se adequar às normas da vigilância sanitária, mantendo sua lanchonete livre de insetos e roedores e não facilitar a compra de bebidas e cigarros a menores de 18 anos.


Tire um tempinho para conferir nossas dicas de Como Ganhar Dinheiro com Artesanato na série de artigos a seguir:

7 comentários:

  1. Anônimo18:02

    Muito boa as dicas de como montar uma lanchonete, foi muito útil para mim.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo21:38

    muita coisa boa para montar uma lanchonete essas instruções vão me ajudar muito

    ResponderExcluir
  3. Anônimo09:44

    bom eu tenho 15 anos ainda e meu sonho e ter uma lanchonete eu acredito que isso tudo e apenas o básico e mesmo se tiver tudo de nada adiantara se não tiver amor pela cozinha amor pela comida pelas pessoas...
    Mas essas dicas de vcs só reforcaram oq eu tinha em mente obg XP:

    ResponderExcluir
  4. Anônimo18:52

    Obrigado pela dica

    ResponderExcluir
  5. Anônimo05:04

    foi esta ecelente dica q fez eu abrir o meu proprio negocio

    ResponderExcluir
  6. Ótima dica, a lista de equipamentos ajudou bastante mesmo, muito obrigada.

    ResponderExcluir
  7. Paolo00:00

    Muito bom! Onde eu consigo comprar um balcão desse da foto

    ResponderExcluir