últimas postagens

Horta Caseira - Uma delícia de cheiros e sabores em sua varanda ou quintal - Dica para espaços pequenos


Já pensou se, em vez de ir ao supermercado para comprar temperos, você pudesse apenas andar até sua varanda ou quintal? Além da praticidade, muita gente tem descoberto os benefícios terapêuticos de cuidar de plantas em casa. Mas algumas técnicas são necessárias para que os temperos sobrevivam em pouco espaço.

Localização
O engenheiro agrônomo Marcelo Noronha explica que o segredo é escolher o lugar da sua casa ou apartamento onde bate mais sol. Pode ser varanda, janela, parapeito, quintal ou lavanderia. Se no lugar escolhido bater muito vento, é preciso criar uma barreira com vidro, cerca de bambu ou uma planta grande.



Plantas
Para espaços pequenos, o ideal é cultivar temperos como manjericão, salsinha, cebolinha, coentro e alecrim. Se você for muito cuidadosa e dedicada, até dá pra pensar em plantar alface e rúcula. Já em casas, onde é possível fazer canteiros no chão, é possível cultivar desde folhosas – como almeirão, rúcula, alface, agrião e couve-manteiga – a legumes – como cenoura, beterraba, brócolis e tomate. Você encontra as sementes em lojas especilizadas.

Disposição
Não adianta querer colocar muitas espécies em um mesmo vaso. O conselho do Marcelo é o seguinte: em vasos pequenos, disponha apenas uma espécie; em vasos médios, duas. E assim por diante.

Manutenção
A rega é o principal motivo de morte das plantinhas. Não afogue as coitadas! É difícil determinar uma rotina para o ano inteiro, pois em épocas mais úmidas, elas vão precisa de menos água e vice-versa. “Enfie o dedo no solo. Se ele estiver encharcado, não regue. Se não, regue,” simplifica o engenheiro agrônomo. Mas, mesmo que ela esteja precisando de água, é pouca. É melhor regar várias vezes por semana em pequenas quantidades do que querer matar (literalmente) tudo em um dia.

via revista casa e jardim

Um comentário: